Marketing com propósito: quando uma campanha já não chega

Marketing com propósito: uma campanha não chega

Marketing com propósito: quando uma campanha já não chega

Todos os anos, a Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP) reúne os mais diversos profissionais da área do marketing, no evento Bootcamp Marketing Digital, O evento tem como objetivo a partilha das principais tendências do marketing, as suas experiências e boas práticas, bem como estratégias e ferramentas. Em março deste ano, realizou-se a sua 10ª Edição e falou-se de temais tais como a sustentabilidade, os conteúdos ou a inovação. Inês Simas, CEO do Departamento de marketing teve a oportunidade de moderar uma conversa sobre aquele que parece ser, nos dias de hoje, um novo desafio a enfrentar: O Marketing com propósito. À conversa, juntaram-se Cristina Maia da Makro, Teresa Burnay da Unilever FIMA e Tiago Soeiro da Sonae MC. Neste artigo, debruçamo-nos sobre importância que o tema assume, atualmente.

O que é o Marketing com propósito?

Confundido frequentemente com missão, o propósito de uma marca é, por um lado, aquilo que a vai diferenciar das outras, por outro, aquilo que vai permitir uma maior conexão com os consumidores. Mais do que vender um serviço ou um produto, é aquilo que permite à marca acrescentar valor à comunidade em que está inserida. Enquanto a missão apela a um raciocínio mais lógico, o propósito apela à emoção. No fundo, define a essência de uma organização: porque existe, para quem existe, e de que forma contribui para um mundo melhor. O propósito é aquilo com que uma marca inspira as pessoas.

Dois exemplos claros de marcas que assentam a sua estratégia de Marketing num propósito são a Apple e a Disney. Ainda que sendo uma empresa tecnológica, aquilo que a Apple vende é, sobretudo, um estilo de vida. Simples, prático, fácil e totalmente orientado para o fator humano dos seus produtos. Já a  Disney é bastante clara no seu propósito: criar felicidade, disponibilizando entretenimento para todas as idades.

Porque é tão relevante o propósito no Marketing?

Com a evolução da tecnologia e da sociedade, também o marketing acaba por estar em constante evolução. A verdade é que a forma como os consumidores percecionam e se conectam com as marcas está a mudar. Segundo um estudo realizado pela Accenture, 63% dos consumidores preferem comprar a marcas orientadas para um propósito. Ao defender algo maior do que o que vendem, sintonizar com as crenças e/ou causas dos clientes e  ao tomar medidas decisivas, as empresas têm a oportunidade de reformular a sua relação com os clientes e encontrar um ponto de conexão com os mesmos a um nível mais profundo.

Trabalhar com base num propósito pode significar sacrificar parte do lucro da marca, mas no longo prazo pode trazer benefícios e pode levar à fidelização dos consumidores. A título de exemplo de um caso de sucesso, no seu primeiro ano, a campanha Beleza Real da marca Dove, do grupo Unilever, criada para incentivar mulheres e crianças a acreditarem na sua própria beleza, aumentou as vendas de 2,5 mil milhões para 4 mil milhões de dólares.

A autenticidade é um requisito

O propósito de uma marca deve ser genuíno. Considerar o impacto que a marca tem no seu ambiente já não é uma opção: agora é o esperado. Hoje em dia, não basta enviar um cheque ou fazer uma campanha. O grande desafio para o futuro é precisamente esse, o valor social percecionado positivamente pelos consumidores é mais que filantropia corporativa. Com a utilização das redes sociais, responsabilizar as marcas nunca foi tão fácil. Por isso,  podemos dizer que mais vale sê-lo que parecê-lo. É cada vez mais fácil identificar quando uma marca o faz apenas pela imagem, e não por acreditar naquela causa ou bem comum. Se as marcas tiverem um propósito ou quiserem mostrar uma intenção propositada quando se conectam com os consumidores, precisam de alinhar o marketing com valores e operações de forma autêntica.

Para além das vendas

O impacto do Marketing com propósito não é apenas externo. De acordo com um inquérito da Deloitte, trabalhadores de empresas orientadas para um propósito têm mais probabilidades de se envolver. Os maiores embaixadores de uma marca são muitas vezes os seus colaboradores e os níveis mais elevados de envolvimento observam-se quando estão associados a uma causa maior. Ao fornecer várias formas de envolvimento aos colaboradores, tais como voluntariado, angariação de fundos estará a fomentar a satisfação dos mesmos. As audiências internas são mais propensas a espalhar a palavra sobre a missão da sua empresa se tiverem uma compreensão clara e tiverem lugar na sua criação. Uma força de trabalho empenhada pode ajudar a espalhar a mensagem da sua empresa, defender em seu nome, e espalhar sentimentos positivos sobre a sua empresa para o mundo exterior.

Qual é o seu propósito?

O propósito de uma empresa é o que vai diferenciá-la das outras, num futuro próximo. Existem já empresas a utilizar este conceito e, por isso, já lideram nas suas categorias sem concorrência à altura. Por isso, é preciso que as marcas definam, quanto antes, o seu propósito, para que não percam suas vantagens competitivas.

O primeiro passo para definir o seu propósito passa por uma análise à cultura, missões e valores da empresa e perceber como esses se alinham com aquilo que o mundo precisa. O segundo passo, passa por perceber de que forma a empresa pode operacionalizar-se para preencher essa necessidade. Ao associar uma maior relevância à empresa através do seu contributo, o consumidor também o fará.

Afinal de contas, o propósito não é uma moda ou uma campanha. É a verdade das marcas, tangível, autêntica, consistente e até apaixonada. Tem que ser um fato à medida e tem que assentar bem. Deve ser específico, diferenciador e mensurável. Acima de tudo, tem que ser verdade.

Sem Comentários

Post A Comment

Acepto la política de privacidad

RESPONSABLE: Departamento de Marketing Iberia S.L  FINALIDAD PRINCIPAL: Poder responder al mensaje que fue enviado a través de este formulario de contacto.  LEGITIMACIÓN: Consentimiento del interesado. DESTINATARIOS: Los datos que nos proporciones serán guardados en Sered, nuestro proveedor de mail y hosting, que también cumple con la RGPD. Puedes ejercer tu derecho de que demos de baja tus datos en cualquier momento enviándonos un correo a info@departamentodemarketing.net. INFORMACIÓN ADICIONAL: Puede consultar la información adicional y detallada sobre nuestra Política de Privacidad y Aviso Legal. *