Corporativo

Há pouco mais de um mês mudámos para um novo escritório e fez-nos pensar como mudar é importante. Se for uma mudança forçada, tem mesmo que ser feita e sem demoras, mas muitas vezes a mudança é precisa mesmo quando achamos que não precisamos dela.

Estávamos bem ​​no escritório anterior. Estivemos lá quase 5 anos. Parte da equipa trabalha desde casa (para alguns tem mesmo que ser: a Paula vive em São Paulo, o Daniel em Madrid e a Eliana no Porto). Não tínhamos que mudar e até podíamos optar por não ter escritório. Mas mudámos.

Quantas empresas querem mudanças? Infelizmente  poucas.

O cantor e escritor brasileiro Chico Buarque costumava dizer que "as pessoas têm medo de mudanças, mas eu tenho medo de que as coisas nunca mudem".

Pessoas, negócios, organizações crescem através das mudanças e os melhores momentos para o fazer são quando tudo parece estável porque podemos pensar melhor e fazer tudo com calma.

Estamos muito felizes nesta nova "casa" na Torre em Oeiras, aquele edifício redondo, alto e preto, mesmo ao lado do Oeiras Parque e que grande parte das pessoas pensa que está abandonado. Não está. Há muita vida por aqui.

Quando quiser fazer-nos uma visita, é mais do que bem-vindo(a).

A nossa nova morada está aqui.

Quando se fala de departamentos de Marketing e Comercial, é comum depararmo-nos com alguns mitos. É comum achar-se que são a mesma coisa ou que, sendo diferentes, têm objetivos diferentes e devem trabalhar isoladamente. Marketing e Comercial são funções muito diferentes...

Decidimos apoiar a  2ª edição do Nómada digital Summit que irá decorrer já esta quinta e sexta -feira, dias 8 e 9 de Abril de 2021, dedicado ao tema "Flexibilidade no trabalho". O Departamento de Marketing nasceu flexível e até remoto (dois dos elementos da equipa vivem fora de Portugal). Defendemos...

Mais do que nunca, é tempo de “marketing that matters”. Foi esta a tendência que destacámos no e-book Tendências de Marketing 2021 da Câmara do Comércio e Indústria Portuguesa. Os consumidores já tinham demonstrado que começavam a estar mais preocupados com a...

Que passar por isto sozinhos teria sido impossível. Que estamos juntos para o melhor e para o pior. Para lutar e para celebrar. Que quem estava connosco, se manteve connosco. Obrigado! Que estamos preparados para todo o tipo de embates. Que a flexibilidade e...